Relações públicas, comunicação corporativa, ou, simplesmente, PR.

Não importa o nome, a gente acredita e pratica relações públicas que gera valor para qualquer negócio, por ser ele o guardião da reputação de uma empresa.

Relações públicas precisa estar presente em tudo que molda a reputação, pois significa maior ou menor valor de mercado, mais ou menos vendas, mais ou menos relevância para os clientes, mais ou menos engajamento com a sociedade, seja para se chegar a uma única pessoa ou para engajar uma multidão.

Tudo isso pode ser alcançado sem abrir mão da sua essência: empatia, consistência e coerência entre o fazer e o falar. As fronteiras são cada vez mais tênues, mas a gente organiza as nossas entregas em quatro linhas de serviços.

Eles podem ser contratados em blocos, avulsos, permanentes ou em jobs. O que for melhor para você.

O impacto de um Relações públicas renovado, cada vez mais assertivo e baseado em dados pode ser sentido de diversas formas, por exemplo:

  • Do melhor posicionamento da empresa na primeira página de busca do Google a uma campanha de lançamento de um produto.
  • Do relacionamento com influenciadores digitais à visibilidade qualificada na imprensa.
  • Da gestão do diálogo da marca nas mídias sociais à participação de suas lideranças em fóruns e premiações.
  • Da construção e gestão da narrativa da empresa à preparação de porta-vozes.
  • Da gestão do diálogo da marca nas mídias sociais à participação de suas lideranças em fóruns e premiações.
  • Da condução de crise em tempo real à atuação numa operação de IPO.

Tudo isso pode ser alcançado sem abrir mão da sua essência: empatia, consistência e coerência entre o fazer e o falar. As fronteiras são cada vez mais tênues, mas a gente organiza as nossas entregas em quatro linhas de serviços.

Elas podem ser contratados em blocos, avulsos, permanentes ou em jobs. O que for melhor para você.